Príncipe William começa treinamento na Aeronáutica

Herdeiro do trono britânico inicia preparação para ser chefe das Forças Armadas na segunda-feira

Efe,

04 de janeiro de 2008 | 10h42

O príncipe William, terceiro na linha de sucessão à Coroa britânica, começará na próxima segunda-feira seu treinamento como piloto da Real Força Aérea (RAF), a fim de se preparar para o futuro trabalho como chefe das Forças Armadas. O príncipe aprenderá a pilotar helicópteros e consertar asas de aviões na escola da RAF em Lincolnshire, no norte da Inglaterra, informaram nesta sexta-feira, 4, fontes militares. O capitão Nick Seward, comandante da Escola Central de Aviação (CFS), disse que, como futuro chefe das Forças Armadas, é importante que William aprenda a história da RAF. Todos os estudantes da escola de vôo devem alcançar um determinado nível, e o príncipe William será tratado como os outros estudantes, disse Seward. O futuro instrutor de vôo do príncipe, Rob Lees, disse que o filho do príncipe Charles e de Diana passará por um curso "muito exigente", como qualquer outro jovem. Ainda neste ano William, de 25 anos, terá treinamento com a Royal Navy (Marinha), o último passo em sua carreira militar após já ter passado pelo Exército. William seguirá os passos do pai, que aprendeu a pilotar aviões para a RAF em 1971, e os de seu tio, o príncipe Andrew, que se graduou como piloto de helicópteros.

Tudo o que sabemos sobre:
WillianReino Unido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.