Promotor diz que sentença de Berlusconi deve ser trabalho comunitário

Um promotor de Milão recomendou nesta quinta-feira que o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi cumpra a sentença de um ano pelo crime de fraude fiscal realizando serviço comunitário, conforme solicitado pelos advogados de Berlusconi, informou uma fonte da Justiça.

Reuters

10 de abril de 2014 | 14h15

Advogados do magnata da mídia haviam pedido que seu cliente cumprisse a sentença ajudando em uma casa para pessoas com deficiência. A corte deve anunciar uma decisão neste mês.

Berlusconi pode, em teoria, ser mandado para a cadeia ou colocado sob prisão domiciliar, mas, uma vez que tanto o promotor quanto seus advogados defendem que ele cumpra serviço comunitário, essa é a hipótese mais provável.

(Reportagem de Manuela D'Alessandro)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIABERLUSCONISERVICOCOMUNITARIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.