Putin aceita afastamento de premiê antes de eleições

O presidente russo, Vladimir Putin,aceitou o afastamento de seu primeiro-ministro nestaquarta-feira, abrindo caminho para a indicação de um novopremiê, que deverá ser o principal candidato nas eleiçõespresidenciais de março do ano que vem. A saída de Mikhail Fradkov foi acertada durante uma reuniãono Kremlin, mas ainda não houve anúncios sobre um substituto. Fradkov ficará no cargo até que um novo primeiro-ministroassuma e seja confirmado pelo Parlamento. "Todos temos que pensar juntos em como construir umaestrutura de poder que corresponda melhor ao períodopré-eleitoral e prepare o país para o período depois da eleiçãopresidencial de março", disse Putin a Fradkov, de acordo com aagência de notícias Interfax. Durante a última transferência de poder presidencial, oentão presidente Boris Yeltsin nomeou Putin como premiê em1999, meses antes de Putin ter se tornado presidente interino. A escolha de Putin para um sucessor tem sido envolvida emmistério, mas a maioria dos analistas considera ovice-primeiro-ministro Sergei Ivanov como o principalcandidato. (Por Michael Stott)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.