Putin culpa Ocidente por crise na Ucrânia e nega formação de império pela Rússia

Putin culpa Ocidente por crise na Ucrânia e nega formação de império pela Rússia

Em um discurso a um grupo de cientistas políticos, o presidente disse que o risco de conflitos envolvendo potências aumentou

REUTERS

24 de outubro de 2014 | 11h21

O presidente russo, Vladimir Putin, culpou o Ocidente nesta sexta-feira pelo conflito na Ucrânia e negou acusações de que esteja erguendo um império ou tentando minar a soberania dos países vizinhos.

Em um discurso a um grupo de cientistas políticos chamado Clube Valdai, Putin disse que o risco de conflitos envolvendo garnde potências aumentou em razão da ameaça de violação de tratados para controlar a corrida armamentícia.

Putin também pediu negociações para estabelecer condições internacionais aceitáveis para o uso da força, criticando o que classificou como uma interferência estrangeira arbitrária nos assuntos internos dos países.

(Reportagem de Alexei Anishchuk)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAOCIDENTEUCRANIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.