Putin determina reforço em segurança no país após ataques

O presidente russo, Vladimir Putin, determinou na segunda-feira reforço na segurança do país e na cidade de Volgogrado, no sul, onde foram registrados dois ataques fatais com bombas, afirmou o Kremlin.

Reuters

30 de dezembro de 2013 | 10h06

Putin forneceu uma série de instruções ao comitê responsável pelas ações de combate ao terrorismo, que incluem "reforço da segurança na Rússia e especificamente na região de Volgogrado", informou o Kremlin, sem dar detalhes.

Ao menos 14 pessoas morreram nesta segunda em um ataque a bomba num trólebus, no segundo ataque em dois dias. No domingo, 17 pessoas morreram num outra ataque a bomba na mesma cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAPUTINSEGURANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.