Putin diz que operações da Ucrânia no leste do país lembram cerco nazista

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que a operação de Kiev no leste da Ucrânia, onde forças do governo enfrentam separatistas pró-Rússia ao redor das cidades de Donetsk e Luhansk, lembra o cerco feito a Leningrado pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

REUTERS

29 de agosto de 2014 | 08h28

"Pequenas vilas e grandes cidades cercadas pelo Exército ucraniano, que atinge diretamente áreas residenciais com o objetivo de destruir a infraestrutura... Isso tristemente me lembra os eventos da Segunda Guerra Mundial, quando os alemães fascitas... no poder cercaram nossas cidades", disse Putin em um encontro de jovens nos arredores de Moscou.

Putin afirmou ainda que russos e ucranianos "são praticamente um povo só".

"Pessoas que têm sua própria visão da história e sobre a história de nosso país podem argumentar comigo, mas me parece que os povos russos e ucraniano são praticamente um povo só", afirmou.

Ele disse ainda que a recusa do governo ucraniano em negociar com os separatistas é um problema.

"É necessário forçar as autoridades ucranianas a iniciar substancialmente essas conversações, não em questões técnicas,,, as conversações têm de ser substanciais", declarou aos jovens.

(Reportagem de Alexei Anishchuk)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAUCRANIAPUTIN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.