Putin diz que Ucrânia tem culpa em queda de avião por ter renovado campanha militar

O presidente russo, Vladimir Putin, disse na sexta-feira (horário local) que a Ucrânia tem responsabilidade pela queda de um avião de passageiros no leste do país, dizendo que o incidente não teria acontecido se Kiev não tivesse retomado uma campanha contra separatistas pró-Rússia.

REUTERS

17 Julho 2014 | 18h22

"Essa tragédia não teria acontecido se houvesse paz na terra, ou, em qualquer caso, se operações militares no sudeste da Ucrânia não tivessem sido retomadas", disse ele em declaração transmitida pela TV.

"E sem dúvida o governo do território onde isso aconteceu tem responsabilidade por essa tragédia assustadora", acrescentou.

Putin disse ainda que pediu a autoridades russas para fazerem tudo que for possível para ajudar a investigar o acidente.

(Reportagem de Timothy Heritage)

Mais conteúdo sobre:
RUSSIAPUTINCULPAUCRANIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.