Putin lança vídeo como judoca faixa preta em aniversário

Primeiro-ministro russo afirma que saúde de líder reflete a do país durante comemoração dos seus 56 anos

Associated Press,

07 Outubro 2008 | 09h16

Depois de aparecer em uma corrida de caminhões, sem camisa em uma pescaria e perseguindo tigres na Sibéria, o ex-presidente e atual primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, apareceu em um vídeo lançado nesta terça-feira, 7, como instrutor faixa preta de judô arremessando seu oponente no tatame.   Foto: AP   O DVD que leva o nome do premiê russo - Vamos aprender judô com Vladimir Putin - é fruto da colaboração do político com o judoca japonês Yasuhiro Yamashita. Nos minutos da apresentação do vídeo durante o seu aniversário de 56 anos, Putin afirmou que o título era um pouco mais do que uma propaganda de brincadeira. Qualquer um que assistir "aprenderá a não ser um humilde empregado, mas um gênio real".   Os trechos exibidos pela televisão russa descrevem um premiê judoca que fala sobre a história e a filosofia do judô, além de Putin vestindo um quimono branco enquanto demonstra movimentos com um parceiro. Ele já foi campeão em são Petersburgo - conhecida como Leningrado na época.   Sua devoção aos esporte e por aventuras ajudaram a aumentar sua popularidade durante os oito anos em que foi presidente, em contraste com o seu antecessor, o ex-presidente que sofria de problemas decorrentes do álcool Boris Yeltsin. "O nível de desenvolvimento nos esportes indubitavelmente define o desenvolvimento do seu país", afirmou Putin na apresentação do vídeo. "Sem esportes, é impossível falar de um modo de vida saudável, assim como da saúde do país".   O ex-presidente russo disse ainda que o presidente francês, Nicolas Sarkozy, quer umas aulas de artes marciais. "Ele está interessado em artes marciais, e nós decidimos que treinaremos juntos", disse Putin em uma entrevista no mês passado ao jornal francês Le Figaro.

Mais conteúdo sobre:
RússiaVladimir Putinjudô

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.