Putin pede que separatistas ucranianos adiem referendo

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu nesta quarta-feira aos separatistas no leste da Ucrânia que adiem um referendo marcado para 11 de maio sobre o destino da região predominantemente russófona.

Reuters

07 Maio 2014 | 13h07

Putin fez a declaração após se reunir com o diretor da Organização para Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), que disse que essa entidade, voltada para a segurança e direitos humanos, em breve iria propor um plano para desarmar a crise na Ucrânia.

(Reportagem de Darya Korsunskaya)

Mais conteúdo sobre:
RUSSIA PUTIN REFERENDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.