Queda de edifício deixa 4 desaparecidos na Itália

Desabamento pode ter ocorrido após a infiltração de água na estrutura do prédio, após fortes chuvas que caem no centro e sul do país

Efe,

31 de julho de 2010 | 06h04

ROMA - Quatro pessoas estão desaparecidas após a queda de um edifício residencial na localidade italiana de Afragola, sul do país, em acidente causado, muito provavelmente, pelas fortes chuvas que caem na região nas últimas horas.

Segundo a imprensa italiana, os desaparecidos são três moradores do prédio - um casal de 29 e 33 anos e uma idosa de 75 -, além de uma menina de dez anos, neta da idosa, que foi dormir na casa da avó.

As autoridades italianas tentam ainda localizar três imigrantes, originários de Marrocos e Gana, também moradores do prédio, mas que poderiam não estar no local no momento do acidente, pois, segundo amigos, estariam de férias e teriam viajado.

Por enquanto, os bombeiros, que trabalharam durante toda a noite, seguem escavando com as mãos entre os escombros para encontrar as pessoas com a ajuda de cachorros.

A queda do edifício, construído nas primeiras décadas do século XX, pode ter acontecido depois que a estrutura cedeu devido à infiltração de água das fortes chuvas que caem desde a noite de sexta-feira no centro e sul da Itália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.