Queen Elizabeth 2 faz sua última volta ao mundo

Após viagem, o transatlântico de 31 anos será hotel flutuante nos Emirados Árabes Unidos

Efe

07 de janeiro de 2008 | 02h18

O Queen Elizabeth 2, um dos maiores transatlânticos do mundo, partiu neste domingo do porto de Southampton (sul da Inglaterra) para dar sua última volta ao mundo, antes de se transformar em um hotel flutuante nos Emirados Árabes Unidos, informaram nesta segunda fontes locais. O Queen Elizabeth 2, conhecido por suas iniciais QE2, foi construído em 1967, pesa 70 mil toneladas e tem 294 metros de comprimento. A embarcação tem capacidade para 1.778 passageiros, e uma tripulação de cerca de mil pessoas. O transatlântico conta com sete restaurantes, três piscinas, cassino e uma biblioteca com cerca de seis mil livros. O QE2 foi comprado pela companhia Istithmar, filial da Dubai World, em novembro de 2007, por 50 milhões de libras (US$ 98 milhões), para sua remodelação como hotel flutuante em Palm Jumeirah, uma ilha artificial nos Emirados Árabes Unidos. Este transatlântico transportou quase 2,5 milhões de passageiros e realizou mais de 800 travessias pelo Atlântico. O cruzeiro do Queen Elizabeth 2 retornará a sua base no sul da Inglaterra em abril.

Tudo o que sabemos sobre:
transatlânticoviagemvolta ao mundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.