Radovan Karadzic já está sob custódia da ONU em Haia

Ex-líder será julgado por genocídio, crimes contra a humanidade e crimes de guerra durante conflito na Bósnia

Agências Internacionais,

30 de julho de 2008 | 03h20

O ex-líder servo-bósnio Radovan Karadzic já está sob custódia do Tribunal Penal Internacional da ONU, em Haia. A informação foi confirmada pelo porta-voz da Organização, Liam McDowall. Karadzic chegou à Holanda ma madrugada desta quarta-feira, 30, após ser extraditado pelo governo da Sérvia. Preso desde o último dia 21, após 11 anos foragido, Karadzic é acusado de genocídio, crimes contra a humanidade e crimes de guerra durante o conflito na Bósnia (1992-1995). Veja também:Radovan Karadzic chega à Holanda para ser julgadoRadovan Karadzic é extraditado ao Tribunal Penal da ONUDivulgado vídeo de Karadzic em festa antes de ser preso Quem é Radovan KaradzicCronologia dos conflitos nos Bálcãs O massacre de Srebrenica  Entenda os conflitos na região  Segundo a Agência Reuters, o avião pousou no aeroporto de Rotterdam por volta das 6h30 (hora local) desta quarta-feira. Karadzic deve ficar preso no centro de detenção de Scheveningen, próximo a Haia, onde será julgado. A confirmação da ONU veio logo após um helicóptero pousar na prisão. Duas minivans pretas também chegaram ao local momentos antes. Na madrugada desta quarta-feira, em Belgrado, o ex-líder servo-bósnio foi escoltado até o aeroporto por funcionários do serviço secreto sérvio. Um comboio de jipes pretos o levou da prisão até o aeroporto da capital. O ex-líder servo-bósnio foi preso no dia 21 de julho, após 11 anos como fugitivo. Na terça, milhares de ultranacionalistas sérvios, cantando emblemas extremistas, ocuparam o centro de Belgrado para protestar contra os planos de extraditar Karadzic.  Também na terça, o Tribunal de Belgrado informou que ainda não havia recebido a apelação do advogado de Karadzic contra a extradição ao Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia (TPII), em Haia, onde será julgado.

Tudo o que sabemos sobre:
Radovan Karadzic

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.