Reino Unido aprova lei que regula despesas de deputados

Objetivo é minimizar o escândalo do abuso de dinheiro público pelos parlamentares

Efe,

21 de julho de 2009 | 18h50

A rainha Elizabeth II sancionou nesta terça-feira, 21, a lei que vai regular as despesas dos deputados britânicos. Poucas semanas depois do início do debate na Câmara dos Comuns, a lei foi aprovada com uma rapidez incomum. O Governo trabalhista fez importantes concessões que, segundo alguns deputados, diluem seu conteúdo.

 

O Executivo do primeiro-ministro Gordon Brown estava interessado em aprová-la o mais rápido possível para tentar minimizar o escândalo do abuso de dinheiro público pelos deputados.

 

No projeto original, havia a proposta da criação de um organismo independente para a supervisão das despesas, que introduziria um código ético. Com as concessões, a lei ficou bastante modificada, e pontos como o código de conduta foram eliminados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.