Romênia aprova instalação de escudo antimísseis dos EUA

Suprema Corte de Defesa aprovou a medida, que ainda deve passar por votação do Parlamento

Associated Press,

04 de fevereiro de 2010 | 12h32

O presidente da Romênia, Traian Basescu, disse nesta quinta-feira, 4, que a maior entidade de defesa do país aprovou uma proposta dos EUA para instalar um sistema de interceptação no país como parte do escudo antimísseis americano.

 

Basescu disse que a medida não é direcionada contra a Rússia, e sim serve para aumentar a segurança nacional. A instalação do sistema passou pela Suprema Corte de Defesa, mas ainda deve ser aprovada pelo Parlamento.

 

O vice-presidente dos EUA, Joseph Biden, esteve na Romênia em outubro na viagem que fez pela Europa Central, onde apresentou o novo escudo antimísseis americano para substituir os planos de instalar radares e sistemas de interceptação na Polônia e na República Checa da era Bush.

 

Não ficou claro se o anúncio mostrou qualquer decisão do governo de Barack Obama sobre onde seriam instalados os dispositivos para o sistema europeu.

Tudo o que sabemos sobre:
escudo antimísseisescudoRomêniaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.