Rússia alega que não havia militares em comboio de ajuda à Ucrânia, diz Pentágono

O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, disse ao secretário de Defesa dos Estados Unidos, Chuck Hagel, que nenhum militar russo estava envolvido em um comboio humanitário com destino à Ucrânia, disse o Pentágono nesta sexta-feira.

REUTERS

15 de agosto de 2014 | 18h37

Hagel pediu esclarecimentos a Shoigu sobre o comboio russo durante um telefonema nesta sexta-feira e recebeu a "garantia" de que não incluiu equipe militar russa e que não será usado como pretexto para intervir na Ucrânia, afirmou o Pentágono em um comunicado.

(Reportagem de David Alexander)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIASEMMILITARESCOMBOIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.