Rússia anuncia vazamento de radiação em usina nos Urais

Segundo as autoridades russas, não há riscos de contaminação para as pessoas da região

Reuters

29 de outubro de 2007 | 16h06

Falhas na segurança provocaram um vazamento de radiação em uma importante usina de reprocessamento nuclear nos Urais, informou a Rússia nesta segunda-feira, 29. Segundo autoridades russas, não há riscos para as pessoas da região. De acordo com representantes do Ministério das Emergências russo, uma torneira defeituosa permitiu que a radiação vazasse de um tanque de depósito de restos de líquido radioativo para uma estrada de 1,5 km na usina de Mayak. O incidente ocorreu quatro dias atrás. "Ninguém ficou ferido", disse o ministério em nota. "Os níveis radioativos na usina e no lado de fora são normais e absolutamente inofensivos." A usina de Mayak, apelidada por ambientalistas de "a bomba-relógio da Rússia", sofreu uma série de acidentes em 1949, 1957 e 1967 que foram escondidos pelos governos soviéticos. Armas e lixo nuclear são reprocessados na usina, que fica a cerca de 2 mil quilômetros a leste de Moscou. Geralmente, estrangeiros não têm permissão de entrar em sua área devido ao trabalhado altamente delicado com armas nucleares que é feito no local.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaradiação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.