Rússia assina acordos de vigilância com Abkházia e Ossétia

Assinatura desses documentos é um esforço das diferentes partes por criar uma base jurídica de suas relações

Efe,

30 de abril de 2009 | 05h13

O presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, assinará nesta quinta-feira, 30, com os líderes das regiões separatistas georgianas da Abkházia e Ossétia do Sul diferentes acordos de vigilância fronteiriça conjunta, informou o Kremlin.

 

Na presença de Medvedev e dos líderes da Abkházia, Serguei Bagapsh, e da Ossétia do Sul, Eduard Kokoiti, serão assinados ainda outros acordos de cooperação entre o Serviço Federal de Segurança russo (FSB, ex-KGB) e os serviços secretos separatistas.

 

A assinatura desses documentos é um esforço das diferentes partes por criar uma base jurídica de suas relações, depois de a Rússia reconhecer a independência de Abkházia e Ossétia do Sul, e assinar com elas tratados de amizade, cooperação e ajuda mútua, disse um representantes do Kremlin à agência Interfax.

 

Além disso, Medvedev se reunirá com os dois líderes para traçar medidas com o objetivo de impulsionar a cooperação econômica entre a Rússia e essas regiões, tanto em nível estatal como empresarial, acrescentou a fonte.

Tudo o que sabemos sobre:
Ossétia do SulRússiaAbkházia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.