Rússia busca presença da Marinha no Mediterrâneo

A Marinha da Rússia deveria ter umapresença permanente no mar Mediterrâneo, afirmou na sexta-feirao chefe da Marinha russa, almirante Vladimir Masorin, segundo aagência de notícias RIA. "O Mediterrâneo é muito importante estrategicamente para afrota do mar Negro", disse Masorin durante uma visita à base dafrota russa no Mar Negro, na cidade ucraniana de Sevastopol. "Proponho que, com o envolvimento das frotas do Norte e doBáltico, a Marinha russa deva retomar sua presença permanentelá", declarou Masorin. Durante a Guerra Fria, a Marinha soviética tinha umapresença permanente no Mediterrâneo, alugando uma base naSíria, disse à Reuters o analista militar Pavel Felgenhauer. Segundo ele, a Rússia poderia estar em busca de usar aSíria como base para suas operações mediterrâneas, algo queenfureceria Israel. Sob o governo do presidente Vladimir Putin, a Rússia vemaumentando seu gasto militar e renovando sua estratégia para aMarinha. (Reportagem de Guy Faulconbridge)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.