Rússia congela venda de mísseis ao Irã, diz França

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, disse à França que Moscou irá congelar a entrega de mísseis superfície-ar ao Irã, informou o gabinete do presidente Nicolas Sarkozy nesta sexta-feira depois de negociações entre as duas lideranças.

REUTERS

11 de junho de 2010 | 12h32

A Rússia tem um contrato para vender mísseis S-300 a Teerã e houve confusão sobre se o acordo seguiria adiante sob os termos de uma quarta rodada de sanções da Organização das Nações Unidas introduzidas no início da semana para penalizar o Irã por seu programa nuclear.

No entanto, um porta-voz de Sarkozy disse a jornalistas que Putin havia confirmado que a entrega seria congelada. Segundo a autoridade, o líder russo disse que o Irã estava "muito descontente" e queria impor penalidades contra Moscou por romper o contrato.

(Reportagem de Emmanuel Jarry)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAIRAMISSEIS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.