Rússia diz que ambos os lados na Síria violam direitos humanos

Vídeos que aparentemente mostram rebeldes matando seguidores do presidente sírio, Bashar al-Assad, em Aleppo provam que ambos os lados do conflito violam os direitos humanos, afirmou o vice-chanceler russo, Gennady Gatilov, nesta quarta-feira.

Reuters

01 de agosto de 2012 | 16h44

"O duro massacre de apoiadores do governo pela oposição confirma que violações dos direitos humanos estão ocorrendo em ambos os lados", disse Gatilov em sua conta no Twitter.

"Seria útil se o Ocidente e os políticos árabes olhassem a situação na Síria a partir deste ângulo também. Todos devem parar com a violência", acrescentou.

(Reportagem de Gabriela Baczynska)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIASIRIACRITICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.