Rússia diz que deseja enviar mais um comboio de ajuda ao leste da Ucrânia

Segundo Moscou, a situação humanitária se agrava na fronteira

REUTERS

25 de agosto de 2014 | 07h33

A Rússia quer mandar dentro em breve um segundo comboio de ajuda humanitária para o leste da Ucrânia, disse nesta segunda-feira o ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, depois que o governo ucraniano e o Ocidente criticaram Moscou por mandar a primeira remessa sem permissão oficial.

"A situação humanitária não está melhorando, mas se deteriorando", afirmou Lavrov em coletiva de imprensa. "Nós queremos chegar a um acordo sobre todas as condições para a entrega de um segundo comboio pela mesma rota... nos próximos dias."

(Reportagem de Katya Golubkova)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAUCRANIACOMBOIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.