Rússia diz ter identificado suicida de ataque a aeroporto

Suicida que matou pelo menos 35 pessoas em explosão no principal aeroporto internacional de Moscou na semana passada tinha 20 anos e era nativo do Cáucaso

Reuters

29 de janeiro de 2011 | 10h31

MOSCOU - Investigadores russos afirmaram neste sábado, 29, que o suicida que matou pelo menos 35 pessoas em uma explosão no principal aeroporto internacional de Moscou no dia 24 de janeiro tinha 20 anos e era nativo do norte do Cáucaso, reportaram agências de notícias.

O porta-voz do comitê de investigações Vladimir Markin afirmou que o suicida já foi identificado, mas que seu nome não será divulgado enquanto a apuração continuar.

Tudo o que sabemos sobre:
Russiaataqueaeroporto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.