Rússia enviará 10 petroleiros à Venezuela, diz agência russa

A United Shipbuilding Company (USC, sigla em inglês), empresa da Rússia, entregará à Venezuela dez navios-tanques petroleiros por um valor total de 700 milhões de dólares, informou nesta quarta-feira a agência estatal russa de notícias RIA, citando um funcionário da USC.

REUTERS

22 de setembro de 2010 | 12h58

"O acordo prevê à entrega de dez barcos à Venezuela até 2016", disse Igor Ryabov, segundo a agência RIA.

Ele afirmou que três petroleiros Aframax seriam construídos nas fábricas de Daewoo na Coreia do Sul e os outros sete na Rússia.

Em junho, a Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering, segunda maior fabricante de petroleiros do mundo, formou uma associação estratégica com a USC, a Zvezda DSME.

Ryabov disse que a empresa fabricará um embarcadouro especial em Zvezda DSME para construir os petroleiros Aframax, com peso de mais de 100 mil toneladas.

(Reportagem de Vladimir Soldatkin)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAVENEZUELAPETROLEIROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.