Rússia frustra tentativa de sequestro de avião em Moscou

Forças especiais russas fizeram nesta quinta-feira uma rápida operação para deter um homem que havia tomado o controle de um avião em pleno voo doméstico com destino ao aeroporto moscovita Domodedovo, disse uma porta-voz do terminal aéreo.

REUTERS

29 de julho de 2010 | 16h54

"Durante o voo houve a tentativa de sequestrar o avião. Depois do pouso no Domodedovo, foi liberado graças às ações bem coordenadas do Ministério do Interior e do FSB (serviço de segurança nacional)", disse a porta-voz à Reuters.

"Foi a operação mais rápida para liberar um avião na história da aviação civil da Rússia", acrescentou.

A funcionária disse que o avião estava a caminho de Moscou proveniente da cidade de Mineralnye Vody, no Cáucaso do Norte russo, quando foi sequestrado. Não forneceu mais detalhes.

Havia 105 passageiros a bordo, incluindo sete tripulantes e cinco crianças, disse o promotor-geral do comitê de investigação em comunicado.

"Como condição para soltar os reféns, (o sequestrador) pediu que o colocassem em contato com o primeiro-ministro russo (Vladimir Putin)", disse.

Citando fontes policiais, a agência de notícias Itar-Tass informou que todos os passageiros foram liberados em segurança depois que integrantes das forças especiais disfarçados de médicos abordaram a aeronave no aeroporto.

(Por Guy Faulconbridge e Dmitry Solovyov)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIASEQUESTROFRACASSA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.