Rússia instala sistema antimísseis próximo à Coreia do Norte

Governo ainda estuda "outros meios mais efetivos" para proteger sua população de disparos perdidos

Reuters,

26 de agosto de 2009 | 13h11

A Rússia estabeleceu um sistema de defesa antimísseis próximo à sua fronteira com a Coreia do Norte e está estudando outras medidas para proteger sua população de eventuais disparos, informou nesta quarta-feira, 26, Nikolai Makarov, chefe das autoridades militares do país.

 

"Estamos definitivamente preocupados com as condições sob as quais a Coreia do Norte tem realizado testes militares, inclusive com dispositivos nucleares", afirmou Makarov. "Já temos uma divisão de S-400 na região", disse, referindo-se à versão modernizada do escudo antimísseis soviético.

 

"Atualmente estamos considerando quais seriam os meios mais efetivos para garantir que nenhum acidente aconteceria se um míssil se perdesse após seu lançamento", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaCoreia do Nortemísseis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.