Rússia marca eleição parlamentar para 4 de dezembro

O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, anunciou na segunda-feira que o país elegerá um novo Parlamento em 4 de dezembro, numa espécie de ensaio para a eleição presidencial de março.

REUTERS

29 de agosto de 2011 | 09h41

A data consta num decreto assinado por Medvedev. Serão eleitos 450 deputados da Duma (Parlamento), que é dominada pelo partido Rússia Unida, do premiê Vladimir Putin.

"Eu gostaria muito que a composição da futura Duma refletisse as preferências do círculo mais amplo possível dos nossos cidadãos", disse Medvedev a líderes partidários.

A lei eleitoral permite poucas "janelas" para a data da eleição, e já havia ampla expectativa de que a votação parlamentar fosse em 4 de dezembro.

A disputa se dá por listas partidárias fechadas, e não por votação nominal. O mandato dos deputados é de cinco anos.

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAELEICAODEZEMBRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.