Rússia pede maior atuação da OSCE no conflito na Geórgia

O presidente russo Dmitry Medvedev pediuum papel mais atuante da Organização para aSegurança e Cooperação na Europa (OSCE, na sigla em inglês) nazona de conflito da Ossétia do Sul, na Geórgia, afirmou oKremlin neste sábado. Em comunicado, Medvedev disse ter expressado essa opiniãoem conversas por telefone com Tarja Halonen, presidentefinalandês que ocupa a presidência rotativa da OSCE. Halones pediu que Medvedev concordasse com o aumento dosmonitores militares da OSCE de 10 para 100, informou o governofinlandês. O Kremlin não se pronunciou sobre os detalhes. (Texto de Maria Golovnina)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.