Rússia pode repor importações de defesa perdidas por crise na Ucrânia, diz Putin

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira que a Rússia está apta a substituir com seus próprios produtos qualquer importação da indústria de defesa perdida por causa da crise na Ucrânia, apesar das relações estreitas entre fabricantes de armas e equipamentos militares da Ucrânia e Rússia.

Reuters

28 de abril de 2014 | 09h22

Putin afirmou a parlamentares acreditar que a motivação por trás de quaisquer sanções ocidentais ao setor de defesa teria o objetivo de prejudicar os esforços da Rússia para compensar a redução das importações vindas da Ucrânia.

(Reportagem de Alexei Anishchuk)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAUCRANIAPUTIN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.