Rússia, Ucrânia e UE podem se reunir 5a sobre gás, diz ministro

Rússia, Ucrânia, Eslováquia e a Comissão Europeia podem se reunir na quinta-feira em Bratislava para negociar uma possível solução para a crise de gás da Ucrânia, disse nesta quarta-feira o ministro da Energia ucraniano, Yuri Prodan.

Reuters

23 de abril de 2014 | 07h24

"Há uma proposta do lado russo e da União Europeia para se realizar uma rodada de conversas de quatro lados", disse Prodan a jornalistas.

"Uma reunião em Bratislava dos quatro ministros está sendo considerada... mas até agora não há confirmação da Comissão Europeia."

A estatal russa Gazprom afirmou que Kiev deve a ela 2,2 bilhões de dólares por gás já fornecido e está considerando requerer pagamentos adiantados para novos fornecimentos, aumentando o risco de a Rússia cortar o envio de gás.

O presidente russo, Vladimir Putin, fez um apelo aos líderes europeus para se juntarem na discussão sobre o fornecimento de gás russo via Ucrânia à Europa, onde a Rússia tem quase um terço da demanda por seu gás.

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Tudo o que sabemos sobre:
RUSSIAUCRANIAUEGAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.