Sarkozy e Bruni passaram núpcia em Veneza, diz jornal

Casal teria partido de um aeroporto militar em direção a Veneza no final da tarde da suposta noite de núpcias

Efe,

15 de janeiro de 2008 | 14h52

O presidente frânces, Nicolas Sarkozy, e a cantora e ex-modelo Carla Bruni teriam passado a noite de núpcias em Veneza na última quinta-feira, 10, segundo informações do jornal La Stampa. Um dia após o francês L'Est Républicain anunciar o casamento de Sarkozy e Bruni no Palácio do Eliseu, o jornal italiano publicou nesta terça-feira, 15, que o casal partiu de um aeroporto militar em direção à cidade italiana no final da tarde da suposta noite de núpcias.   Veja também: Sarkozy e Bruni teriam se casado na quinta-feira em Paris    O primeiro-ministro da França, François Fillon, declarou nesta terça-feira, 15, não estar informado sobre o suposto matrimônio. De acordo com o jornal, após a noite de núpcias em Veneza, nas primeiras horas de sexta-feira, 11, o casal retornou à França, onde às 10 horas Sarkozy se reuniu em Lille com governantes locais. O jornal afirma ainda que dentro de pouco tempo Sarkozy e Carla devem passar alguns dias num pequeno hotel em San Vito di Negrar, a 15 quilômetros de Verona, no norte da Itália.   Segundo o jornal Il Messagero di Roma, Carla Bruni reservou na segunda-feira, 14, quatro dos seis quartos de 'La Magioca', uma casa rural transformada em estabelecimento de luxo. A reserva foi feita para três dias a partir desta terça-feira, 15. O diário reconhece que nem os proprietários do hotel nem a própria Bruni confirmaram o motivo da estadia da ex-modelo. A mãe de Carla, Marisa Bruni, declarou aos meios de comunicação na Itália que não sabe do suposto casamento e disse que sua filha não lhe disse "nada a respeito".

Tudo o que sabemos sobre:
SarkozyCarla Bruni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.