Sarkozy perderia para os socialistas em eventual 2o turno

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, perderia para os socialistas mas derrotaria a extrema direita em um eventual segundo turno das eleições presidenciais do próximo ano, revelou uma pesquisa de opinião nesta terça-feira.

REUTERS

26 de abril de 2011 | 10h19

O Partido Socialista (PS) francês, que ainda deve escolher seu candidato para a votação de maio de 2012, venceria facilmente em um segundo turno contra Sarkozy, independentemente do nome escolhido pelo partido, indicou a pesquisa realizada pela Ifop.

O diretor-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) e membro do PS, Dominique Strauss-Kahn, foi o candidato de esquerda mais popular, com 61 por cento dos votos contra os 39 por cento de Sarkozy em um eventual segundo turno.

O ex-líder socialista François Hollande receberia 56 por cento dos votos, caso fosse o candidato, contra 44 por cento de Sarkozy, e a atual presidente do partido, Martine Aubry, levaria 55 por cento no segundo turno, segundo a pesquisa.

A líder do partido de extrema direita, a Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, perderia para a esquerda e para a direita se ela passar do primeiro turno, levando 27 por cento dos votos contra 73 por cento de Sarkozy, e 25 por cento se concorrer com Strauss-Kahn.

A pesquisa de opinião para a revista Paris Match e a rádio Europe 1 foi realizada entre os dias 20 e 21 de abril com uma amostra de 917 pessoas.

(Reportagem de Vicky Buffery e Sophie Louet)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCASARKOZYELEICOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.