Sarkozy teria se divorciado, afirma imprensa francesa

Presidente francês, Nicolas Sarkozy e sua mulher, Cécilia, não comentaram a informação

Associated Press,

17 de outubro de 2007 | 19h22

O presidente francês Nicolas Sarkozy e sua mulher, Cécilia, teriam formalizado a separação na Justiça, afirmou a revista Le Nouvel Observateur nesta quarta-feira, 17. A presidência não comentou a respeito. Os rumores da separação do casal circulava há semanas nos veículos de imprensa do país, mas não houve desmentido oficial. Segundo o semanário, o presidente, de 52 anos, e sua mulher, de 49, se apresentaram perante um juiz nesta segunda para "materializar a separação". A revista não divulgou as fontes da informação. Sarkozy chegou à presidência há cinco meses e completaria 11 anos de casamento com Cécilia no dia 23 deste mês. O casal já esteve separado por um tempo em 2005, mas reatou a relação durante a campanha presidencial. Cécilia não votou no segundo das eleições em maio e raramente acompanhava o marido em atos públicos.  O porta-voz do presidente afirmou que Sarkozy viajará sozinho ao Marrocos na próxima semana para uma visita estatal.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaseparaçãoNicolas Sarkozy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.