Sarkozy viaja para Índia sem a namorada Carla Bruni

Presidente francês evita impasse protocolar, já que a cantora não é sua esposa e não poderia acompanhá-lo

Associated Press e Efe,

25 de janeiro de 2008 | 11h15

Após o impasse sobre o protocolo diplomático, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, começou a sua visita de dois dias pela Índia sem a companhia da namorada, a ex-modelo e cantora Carla Bruni.   Carla Bruni posa nua em revista masculina espanhola   O presidente francês chegou nesta sexta-feira, 25, à Índia para participar como convidado de honra no desfile indiano do Dia da República, que acontecerá em Nova Délhi no sábado. A imprensa indiana tinha indicado há semanas que a possibilidade de Bruni acompanhar Sarkozy era uma dor de cabeça em relação ao protocolo para as autoridades do país.   No início da semana, a cantora italiana Carla Bruni declarou que não acompanharia o presidente francês em sua viagem porque "ainda não somos casados", segundo informou o jornal francês Liberation. A ex-modelo afirmou que não poderia participar de uma viagem oficial com o presidente e o início das gravações do seu próximo disco no início do mês de fevereiro.   Separado da segunda esposa, Cécilia Ciganer-Albéniz, em meados de outubro passado, Sarkozy figura em público com Bruni desde meados de dezembro, quando foram fotografados no parque de atrações da Disney aos arredores de Paris, e depois em suas viagens ao Egito e Jordânia no final do ano e início de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
Nicolas SarkozyCarla BruniÍndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.