Separatista da Ucrânia diz que irá criar órgãos estatais e exército após referendo

Um líder separatista da região de Donetsk, no leste de Ucrânia, disse que serão formados órgãos estatais e que os soldados do governo serão considerados "ocupantes" uma vez que sejam anunciados os resultados do referendo de independência deste domingo, segundo a agência de notícias Interfax.

Reuters

11 Maio 2014 | 11h07

"Todas as tropas militares no nosso território após o anúncio oficial dos resultados do referendo serão consideradas ilegais e declaradas ocupantes" disse Denis Pushilin, líder da autodeclarada República de Donetsk, segundo a agência.

"É necessário formar organismos estatais e autoridades militares o mais breve possível", acrescentou ele, de acordo com a Interfax.

(Por Aleksandar Vasovic)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIASEPARATISTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.