Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sérvios vão às urnas para eleição presidencial histórica

Eleição pode decidir futuros laços do país com o Ocidente em uma eventual separação da província de Kosovo

Ivana Sekularac, da Reuters,

20 de janeiro de 2008 | 10h28

Os sérvios votaram neste domingo, 20, numa disputada eleição presidencial que pode decidir os futuros laços do país com o Ocidente em uma eventual separação da província de Kosovo. As pesquisas de opinião antes da votação davam ao oposicionista linha dura Tomislac Nikolic, do Partido Radical, uma ligeira vantagem em relação ao presidente Boris Tadic, pró-Ocidente. A dianteira, no entanto, não seria suficiente para uma vitória em primeiro turno. "Votei por um futuro melhor, em Nikolic", disse Nada Bilandzic, 47 anos, que foi votar logo cedo num subúrbio de Belgrado. "Estou convencida de que o partido dele é o único que pode abrir fábricas e melhorar a economia." Os pontos de votação fecham às 17 horas (horário de Brasília) e espera-se que a divulgação de resultados preliminares aconteça quatro horas depois. As pesquisas sugerem que Nikolic terá 33 por cento dos votos do primeiro turno, e Tadic, cerca de 30 por cento. Para vencer o segundo turno, em 3 de fevereiro, os dois candidatos tentarão atrair os eleitores de outros partidos, com promessas de melhor padrão de vida, empregos e a defesa de Kosovo, que ruma para a independência com o apoio do Ocidente.

Tudo o que sabemos sobre:
SÉRVIAELEIÇÕESPRESIDENTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.