Sete são detidos em ação contra dissidentes republicanos do IRA

Polícia norte-irlandesa busca explosivos em residências de membros de grupo oposto ao processo de paz

Efe,

11 de outubro de 2007 | 12h14

Sete pessoas foram detidas nesta quinta-feira, 11, pela Polícia Norte-irlandesa (PSNI) como resultado de uma operação de busca de explosivos contra o IRA de Continuidade, uma cisão do Exército Republicano Irlandês (IRA) oposta ao processo de paz.   Segundo fontes policiais, os agentes fizeram buscas em várias casas e armazéns nos arredores da localidade de Craigavon, no condado norte-irlandês de Armagh, lugar onde foram cometidos nos últimos dois anos ataques frustrados contra as forças de segurança.   Artífices do Exército britânico acompanhados de cães adestrados examinaram vários apartamentos no bairro de Brownlow, segundo as fontes. "Esta é uma operação importante e necessária contra delinqüentes dissidentes republicanos. Nosso objetivo é transformar Craigavon em um lugar seguro para todos", assegurou nesta quinta a inspetora do PSNI Pauline Shields.   Nos últimos dois anos vários agentes da Polícia na região fora alvo de ataques de dissidentes, aos quais também são atribuídas alterações no serviço ferroviário entre Dublin e Belfast devido a falsas ameaças de bomba.

Tudo o que sabemos sobre:
IRA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.