Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

Sobe para 60 número de mortos em naufrágio na costa da Turquia

Barco pesqueiro com imigrantes ilegais naufragou após colisão com rochas na costa oeste da Turquia

estadão.com.br,

06 de setembro de 2012 | 07h43

Texto atualizado às 11h48

 

ANCARA - O número de mortos no naufrágio de um barco pesqueiro na costa oeste da Turquia subiu para 60, segundo autoridades de Ancara. Muitas pessoas estavam desaparecidas desde que o barco, levando imigrantes ilegais para a Europa, naufragou na manhã desta quinta-feira, 6, no Mar Egeu, na costa oeste da Turquia, informou o governo distrital.

 

Veja também:

linkMetade dos mortos em naufrágio eram crianças

linkExplosão em paiol mata ao menos 25 soldados na região central da Turquia

 

Mais cedo, o governador Tahsin Kurtbeyoglu, da região de Menderes, distrito costeiro da província de Izmir, disse à emissora de TV local TRT a cifra de mortos deve aumentar.

 

Segundo a AP, dezenas de sobreviventes, a maioria deles iraquianos e sírios, conseguiram nadar até a margem, que estava a apenas 50 metros de distância. Eles afirmaram que diversas pessoas ficaram presas embaixo do convés do navio submerso. Mergulhadores lançaram uma operação para tentar encontrá-las, mas espera-se que o número de mortos aumente ainda mais. Muitos dos que estavam na embarcação eram mulheres e crianças.

 

O grupo de imigrantes saiu da cidade de Izmir, onde contrabandistas disseram que os levariam até a Grã-Bretanha. Autoridades prenderam dois turcos acusados de fazerem parte do esquema, reportou a emissora TRT.

 

Com Reuters e AP

Tudo o que sabemos sobre:
TURQUIAACIDENTEIMIGRANTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.