Nikola Solic/Reuters
Nikola Solic/Reuters

Social-democrata promete combate à corrupção na Croácia

Ex-república iugoslava precisa cumprir requisitos para entrar na União Europeia; eleito fala em reformas

Efe,

11 de janeiro de 2010 | 09h23

O presidente eleito da Croácia, Ivo Josipovic, prometeu em seu discurso da vitória lutar contra a corrupção e o crime organizado, um dos eixos de sua campanha, e um dos aspectos que a União Europeia (UE) pede para ser reforçado para que o país entre no bloco.

"Não temam, superaremos a crise econômica, combateremos a corrupção e a pobreza", prometeu.

Ao conhecer os resultados oficiais de sua vitória nas eleições presidenciais deste domingo, Josipovic disse também que trabalhará para conseguir "um país melhor e mais justo".

"Esta vitória não é só minha, mas de todo o povo honesto, indistintamente de se votaram em mim ou a favor de meu rival. É um triunfo de todos os cidadãos, conseguiremos uma Croácia melhor e mais justa, um país no qual o trabalho seja pago e a criminalidade seja castigada, um país de segurança social e justiça", declarou.

Josipovic prometeu em discurso conciliador unir os cidadãos e que servirá a todos indistintamente de suas opções políticas, ressaltando que não os decepcionará.

Josipovic agradeceu ao presidente croata que está saindo, Stjepan Mesic, cujo segundo mandato expira em 14 de fevereiro, por sua "extraordinária contribuição à democracia e ao fortalecimento da posição da Croácia na comunidade internacional".

O candidato derrotado, Milan Bandic, felicitou seu rival, mas lamentou a grande "quantidade de ódio" que sentiu durante a campanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.