Suíça concede visto de 3 meses para ex-magnata russo libertado

A Suíça concedeu na sexta-feira um visto de três meses para Mikhail Khodorkovsky, o ex-magnata russo do petróleo, que foi libertado da prisão dias atrás.

Reuters

30 de dezembro de 2013 | 14h45

O visto permite que Khodorkovsky viaje dentro da área Schengen, que inclui a maior parte da União Europeia e outros países fora do bloco, incluindo a Suíça.

O Ministério de Relações Exteriores da Suíça confirmou a concessão do visto em comunicado breve e disse que não daria mais detalhes por razões ligadas à proteção de dados.

(Reportagem de Tom Miles)

Tudo o que sabemos sobre:
SUICAMAGNATARUSSOVISTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.