Suíça decide congelar possíveis bens de Gaddafi

A Suíça congelou os bens do líder líbio, Muammar Gaddafi, na quinta-feira.

REUTERS

24 de fevereiro de 2011 | 16h06

"O Conselho Federal condena fortemente o uso da violência do líder líbio contra as pessoas", informou o Ministério das Relações Exteriores suíço em comunicado.

"Devido aos desenvolvimentos, o Conselho Federal decidiu congelar quaisquer possíveis bens de Muammar Gaddafi."

Tudo o que sabemos sobre:
SUICABENSGADDAFI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.