Suposta dirigente do ETA é presa na França

A polícia francesa prendeu neste domingo na localidade de Macon a suposta dirigente do ETA Izaskun Lesaka, considerada um dos três principais responsáveis do grupo armado na atualidade, informou o Ministério do Interior.

Reuters

28 de outubro de 2012 | 08h28

Se atribui a Lesaka, que estava armada no momento de sua prisão em um hotel a 70 quilômetros de Lyon, a leitura dos últimos comunicados do ETA, incluindo o de 20 de outubro de 2011, em que o grupo anunciou o fim definitivo de sua atividade armada.

Lesaka estava acompanhada de outro membro do ETA, também detido, cuja identidade ainda não estava confirmada, informou o ministério numa nota.

(Por Inmaculada Sanz)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAPRENDEETA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.