Supostos membros da ETA são presos em Portugal

Prisões ocorrem poucas horas após outros dois suspeitos terem sido detidos na França

Efe,

10 de janeiro de 2010 | 05h13

Dois supostos integrantes da organização terrorista ETA que estavam foragidos das autoridades espanholas foram detidos em Portugal.

 

Pilar de la Higuera, subdelegada do governo da província de Zamora, disse que ambos tinham sido parados em Bermillo de Sayago com um caminhão carregado de explosivos.

 

Um dos homens fugiu na viatura da polícia para Fermoselle, perto da fronteira com Portugal. A outra pessoa vinha em um carro escoltando o caminhão. Ambos os veículos eram registrados na França.

 

Estas prisões acontecem poucas horas depois de um homem e uma mulher serem detidos na França, armados e sem identificação, a caminho de um depósito de armas da ETA em Clermont-Ferrand. Acredita-se que eles sejam Iñai Iribarren Galbete e Eider Uruburu Zabaleta, que estão na lista dos terroristas mais procurados.

Tudo o que sabemos sobre:
ETAterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.