Tempestades e enchentes matam 19 na França; há 12 desaparecidos

Milhares de casas estão sem energia elétrica; refugiados buscam abrigo em escolas

Reuters

16 de junho de 2010 | 09h22

Carros danificados em rua de Drauguignan, sudeste da França

 

DRAGUIGNAN - Inundações causadas por chuvas torrenciais mataram ao menos 19 pessoas e deixaram 12 desaparecidos perto da costa do Mediterrâneo na França, disseram autoridades locais nesta quarta-feira, 16. Mais de 350 milímetros de chuva atingiram a região de Var, no sul da França, em poucas horas na terça-feira.

"Draguignan foi a cidade mais atingida, com centenas de veículos sendo arrastados e diversos bairros submersos", disse o prefeito local, Hugues Parant, à rádio France Bleu Provence. Segundo Parant, o número de vítimas poderia aumentar.

Mais de mil pessoas buscaram refúgio em escolas e em outros prédios depois que suas casas ficaram inundadas. Helicópteros realizaram mais de 450 operações de resgate e cerca de 100 mil casas ficaram sem eletricidade.

Fotos divulgadas na televisão mostravam multidões de pessoas ilhadas em um terraço elevado de um acampamento de férias, com o terreno e construções mais baixas submersas em águas turvas.

Moradores locais disseram que as pessoas ficaram surpresas com a velocidade com que a água subiu, transformando as ruas em córregos e arrastando carros como se fossem brinquedos.

"Foi dramático", disse o prefeito de Draguignan, Max Piselli. "A cidade está em um estado terrível, com rochas, pedras, lama e carros bloqueando as ruas."

O aeroporto em Toulon, que tece de ser fechado na noite de terça-feira porque as pistas ficaram inundadas, reabriu na manhã de quarta-feira. Serviços de trem ao longo da costa devem retomar as atividades normalmente na quinta-feira, disseram autoridades do sistema ferroviário.

Em fevereiro, uma grande tempestade e o aumento repentino do nível do mar deixaram 53 mortos no sudoeste da França.

 

Na ponte, homem observa rio transbordado 

 

Notícia atualizada às 19h25

Tudo o que sabemos sobre:
FrançachuvasEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.