Temporais matam oito na Polônia

Meteorologia prevê novas tempestades nos próximos dias

Reuters e Efe

24 de julho de 2009 | 03h44

Tempestades que caíram sobre as regiões oeste e central da Polônia mataram oito pessoas e feriram cerca de outras 50, durante a noite de quinta-feira, 23 e a madrugada seguinte. As informações foram dadas por uma rede de TV do país e divulgadas pela agência Reuters.

 

Os fortes temporais destruíram casas e veículos, quebraram árvores e bloquearam ruas e estradas. A estação de trem de Poznan foi inundada pelas águas das chuvas.

 

"Mais de 12 mil bombeiros tomaram parte das várias missões de resgate durante toda a noite", disse o comandante da corporação, Dariusz Marczynski. os bombeiros tiveram que atender quase quatro mil chamadas, relatou um porta-voz da entidade. A maioria das vítimas fatais foi morta por árvores que foram derrubadas pelo mau tempo.

 

Uma mulher grávida de 24 anos morreu, assim como o bebê que carregava, quando uma árvore caiu sobre o carro no qual trafegava.

 

O serviço de meteorologia polonês IMGW alertou que novas tempestades são esperadas, desta vez no nordeste do país.

 

Texto atualizado às 04h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.