Terremoto na Inglaterra foi o maior em quase 25 anos

Tremor causou apenas danos materiais e alcançou uma magnitude de 5,3 graus

Efe,

27 de fevereiro de 2008 | 06h31

O terremoto que atingiu na madrugada desta quarta-feira, 27, grande parte da região central da Inglaterra foi o maior em quase 25 anos, embora só tenha causado leves danos materiais. O Centro Geológico Britânico (BGC) informou que o terremoto alcançou uma magnitude de 5,3 graus na escala Richter, e seu epicentro se localizou próximo de Market Rasem, no condado de Lincolnshire, centro-leste da Inglaterra. O tremor, registrado pouco antes das 22 horas (de Brasília), pôde ser sentido do nordeste até o sul da Inglaterra. Uma porta-voz da Polícia de Lincolnshire disse ter recebido diversas ligações de residentes das regiões atendidas, apesar de não haver nenhuma informação acerca de feridos. "Há leves danos estruturais, fendas e algumas chaminés danificadas. Não há nada sério até o momento", acrescentou a fonte. O terremoto, que durou dez segundos, ocorreu a uma profundidade de 15,4 quilômetros, e foi o maior a atingir o país desde 1984, quando um de 5,4 graus afetou Gales.

Tudo o que sabemos sobre:
terremotoInglaterra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.