Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Terremoto no leste da Turquia deixa 41 mortos

Um forte terremoto matou 41 pessoas num vilarejo no leste da Turquia na madrugada de segunda-feira, informaram autoridades, enquanto equipes de resgate tentam salvar sobreviventes presos sob os escombros.

FERIT DEMIR, REUTERS

08 de março de 2010 | 07h34

O tremor despertou os moradores do sono quando sacudiu a região pouco povoada de Basyurt, na Província de Elazig, às 4h32 da manhã (23h32 de domingo de Brasília). A magnitude do sismo foi de 6,0 e houve ao menos 30 réplicas menores.

"Houve muito medo e pânico entre as pessoas. Durou cerca de um minuto. Sentimos com muita força e todo mundo tentou fugir para a rua", disse Nursel Sengezer, um correspondente da agência de notícias local Dogan em Elazig, à emissora CNN turca.

Funcionários de hospitais e parentes dos feridos levaram várias pessoas em carros e ambulâncias para o hospital estatal na cidade próxima de Kovancilar. Em vilarejos próximos, moradores acenderam fogueiras nas ruas durante a noite.

O centro de crise de Elazig informou que 41 pessoas morreram e 50 ficaram feridas, 10 em estado grave, de acordo com a NTV.

O terremoto arrancou as minaretes de três mesquitas de vilarejos na região, disse o governador de Elazig, Muammer Erol.

"O número de pessoas feridas não está claro. As ambulâncias continuam indo e vindo. O trabalho de resgate continua. Nossas equipes de resgate estão no local", acrescentou Erol.

A agência estatal de notícias Anatolian informou que o vice-primeiro-ministro, Cemil Cicek, e outros ministros do governo turco estavam a caminho da região atingida pelo tremor.

Tudo o que sabemos sobre:
TURQUIATERREMOTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.