Tiros interrompem discuros de Bakiyev

Presidente deposto discursava para cerca de 5 mil pessoas em Osh, seu principal ponto de apoio

AP

15 de abril de 2010 | 04h35

Inúmeros disparos interromperam nesta quinta-feira, 15, o depoimento do presidente deposto do Quirguistão, Kurmanbek Bakiyev, no sul do país. Após os disparos, Bakiyev foi levado a pressas para outro lugar.

 

Um dos irmãos de Bakiyev, Kanybek, declarou a agência Associated Press que o presidente estava ileso e que regressou a sua casa na aldeia de Teyit, cerca de duas horas do local em que acontecia a reunião.

 

Os disparos ocorreram depois que Bakiyev começou o discurso a 5 mil seguidores em Osh, a maior cidade do sul do país e local considerado como principal ponto de apoio a Bakiyev.

Tudo o que sabemos sobre:
QuirguistãoBakiyev

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.