Tiros são disparados contra residência de embaixador alemão na Grécia

Atiradores não identificados abriram fogo contra a residência do embaixador alemão em Atenas com um rifle Kalashnikov nesta segunda-feira em um ataque visto como uma tentativa de azedar as relações entre a endividada Grécia e sua maior nação credora.

HARRY PA, Reuters

30 de dezembro de 2013 | 16h36

A polícia afirmou que aproximadamente 60 tiros foram disparados contra a residência altamente protegida numa movimentada rua de um subúrbio no norte. Pelo menos quatro balas atingiram paredes e outras quatro chegaram às grades de metal de seu perímetro. Não houve feridos.

O sentimento antialemão tem crescido durante a prolongada crise econômica na Grécia e muitos dos que lutam contra um desemprego recorde e a queda do padrão de vida culpam a insistência da Alemanha com o rigor fiscal como solução para seus problemas econômicos.

A Alemanha é o maior contribuinte individual do resgate de 240 bilhões de euros para a Grécia que tem mantido o país funcionando desde 2010 e o salvou da falência.

A Alemanha tem pelo menos 15 bilhões de euros (cerca de 20 bilhões de dólares) de empréstimos bilaterais concedidos à Grécia como parte do resgate.

Ninguém assumiu a responsabilidade pelo ataque em que a polícia acredita ter sido executado por membros de grupos guerrilheiros de esquerda. Um policial, que falou sob condição de anonimato, disse que pelo menos dois atiradores a pé estavam envolvidos.

(Reportagem adicional de Yannis Behrakis em Atenas e Madeleine Chambers em Berlim)

Tudo o que sabemos sobre:
GRECIATIROTEIOALEMAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.