Tiroteio em Tribunal de Justiça da Itália deixa três mortos

Homem abre fogo contra a esposa e um familiar durante audiência de separação no norte do país

Efe,

17 de outubro de 2007 | 08h49

Três pessoas, aparentemente albanesas, morreram nesta quarta-feira, 17, em um tiroteio ocorrido no Tribunal de Justiça de Reggio Emilia, no norte da Itália, segundo a imprensa local. Outras três pessoas que estavam dentro do tribunal ficaram feridas. Segundo as fontes, um homem albanês atirou contra a sua mulher e um familiar dela. Os dois estavam em processo de separação. Por razões ainda desconhecidas, o albanês atirou contra sua mulher e um tio dela, que morreram na hora. Dois advogados e um policial que estavam na sala ficaram feridos. O homem tentou fugir, mas foi atingido pelos policiais. O incidente ocorreu por volta da 11 horas (horário local) na sala de separações civis do tribunal, onde estava sendo realizada a audiência da separação do albanês, de 40 anos, original da cidade de Durres.

Tudo o que sabemos sobre:
Itáliatiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.