Trabalhistas estão 16 pontos atrás dos conservadores no Reino Unido

Partido Conservador conta com um apoio de 42%, contra 26% do Partido Trabalhista e 21% dos liberal-democratas

EFE,

08 de junho de 2008 | 06h20

Os trabalhistas do primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown, estão 16 pontos atrás dos conservadores na última pesquisa de opinião no Reino Unido, publicado neste domingo por "The Sunday Telegraph". A pesquisa, realizada pela empresa ICM, indica que o Partido Conservador, liderado por David Cameron, conta com um apoio de 42%, contra 26% do Partido Trabalhista e 21% dos liberal-democratas. Quando Brown assumiu o cargo há quase um ano as pesquisas davam a seu partido um apoio de 40%, lembra o periódico. Se os resultados desta pesquisa extrapolarem eleições gerais, os "tories" conseguiriam uma maioria parlamentar de quase uma centena de deputados, aponta o diário. A pesquisa inclui também algum resultado positivo para o primeiro-ministro, como os 65% dos consultados que apóia seu controvertido plano de estender de 28 para 42 dias o prazo legal de detenção sem acusações de supostos terroristas.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.